Você não está logado | Entrar | Cadastrar
23/12/2012

Farinha do mesmo saco




Por: Chico Andrade*

 

Farinha do mesmo saco,

cai bem a Agnelo defender Lula.

 

        

            Enquanto o país inteiro começa a ver finalmente a máscara de Lula e do PT desmoronar, com suas inverdades e cinismo diante do arsenal de ilegalidades que cometeram a partir da montagem  do mensalão no inicio do primeiro mandato até os últimos escândalos envolvendo Rosemary Nóvoa, como agente dos negócios da família Silva e amigos, o governador de Brasília Agnelo Queiroz surta, talvez embriagado com sua popularidade negativa, que oscila em torno de setenta por cento de reprovação.

            O estranho em tudo isso, é o contínuo silêncio da imensa maioria do chamado movimento social organizado brasileiro, sossego por trás do qual pode estar a generosidade de Lula e do PT, com o dinheiro público, naturalmente, no financiamento de atividades alheias às graves demandas sociais que o país reclama. Como Agnelo Queiroz é oriundo de um partido que bem sabe como emprestar apoio com troca recíproca, isso talvez explique bem sua postura, além de ele mesmo, estar necessitando de apoio, e muito, haja vista o caminhão de denúncias que pairam engavetadas nos tribunais contra ele e seu passado recente no governo federal e aqui no DF.

            Agora vejamos outras curiosidades interessantes: todas as vezes que Lula é envolvido em um malfeito, ou tem seu nome citado em algum escândalo, ele corre para Paris, e, de lá, dana a tentar desancar aqueles que ousam lhe denunciar, chamando todos de mentirosos. Ele nunca sabe de nada mesmo! Como foi alçado à condição de líder dos pobres no mundo, nada de negativo pode lhe atingir. É o santinho do pau oco, já que nunca viu nada, nem mesmo o que se passava na sala ao lado da sua. A quem esta gente pensa que ainda vai enganar...

            Ora uma coisa é reconhecer a importância de um cidadão humilde, um trabalhador, como o PT adora dizer por ai, chegar ao poder, para quebrar preconceitos, romper barreiras discriminatórias históricas em nosso país. Isso eu e meu partido o PPS sempre fizemos questão de reconhecer, sem em nenhum momento deixar de alertar para o perigo dessa história de mito  que o PT, por trás de muita enganação, forjava. Outra, é se utilizar dos mais detestáveis mecanismos da politicagem para se perpetuar no poder, inclusive, deseducando as massas, ao invés de construir espaços para a educação política e para formar cidadãos de verdade. Isso tudo em nome da esquerda. Sim, porque, pelo que dizem os ex-arautos da ética e da honestidade pública, desviar e roubar o dinheiro público agora vale. Com o grosso da mídia comprometida consigo, sobra é para quem os denuncia, que são taxados de novos udenistas ou falsos moralistas. Então, amigos, só é roubo se for feito pela direita é?

            Meu Deus, quanta indignação! Os caras de pau, estonteados com o inicio de seu ocaso,  diante das sujeiras que Marcos Valério, Cachoeira e outros transgressores, antes  parceiros do PT começam a desvelar, articulam agora movimentos para salvação de seu partido e, sobretudo, para defender Lula, dizendo, pasmem: Lula é patrimônio do Brasil(?) Agora, se pergunta: patrimônio do quê gente? Da mentira, da arte de como bem desviar o dinheiro público? De deseducar os eleitores em prol de seu projeto populista e hegemônico? Ou quem sabe, da manipulação política mais deslavada...

            Pois bem, é nesse cenário que nosso  mui competente governador se encaixa. Ele que prometeu que, como médico (será quanto tempo atuou em um hospital?) resolveria o problema da saúde em Brasília, assumindo ele mesmo a pasta da área, e até agora o que se vê é um agravamento do descaso e do abandono. Ele que até agora não apresentou uma única obra de sua autoria, contentando-se em patinar nos projetos deixados por ex-governadores. A cidade, no que respeita as questões ambientais, de mobilidade urbana, de coleta do lixo, do transporte, pois já falamos do desleixo com a Saúde, caminha para o caos. Mas o senhor Agnelo, dá-se ao direito de articular reunião de governadores para solidarizar-de com Lula. Isso parece piada, mas é fato. E ainda se arroga em exigir respeito.

            Respeito, senhor Agnelo, pedimos nós, a população de Brasília, que o senhor enganou e continua tentando enganar. Vá trabalhar e deixe que a Justiça brasileira cuide de Lula ou de quem quer que esteja sendo acusado, para  se defender, para o bem da nossa frágil democracia e para um futuro mais promissor de nossa cidade.

            Respeito pedem hoje os brasileiros, que não querem mais se deixar enganar pelas mentiras e pelo cinismo que o PT e seus aliados vêm praticando no país e em Brasília.

             Mas há esperança de que a consciência haverá de vencer o medo e a mediocridade. E é com legítima indignação e em nome dessa esperança que daqui conclamamos o governador a trabalhar, ao invés de se fazer decente em ato para o qual só lhe cabe como efetivo parceiro de Lula nas tramoias e deslizes que hoje finalmente começam a ser publicamente denunciadas.

           

 

Chico Andrade é presidente do PPS do Distrito Federal.

 





Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 409 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Deixe seu comentário
Bloqueado
É preciso estar logado para deixar um comentário.
Clique aqui, cadastre-se e participe!!


Este conteúdo tem 0 comentário(s)





Enquete
O que você acha da gestão do atual Governo do DF?


Péssima
Ruim
Boa
Opa, selecione uma opção.










Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação | Hospedagem e Manutenção:Núcleo de Tecnologia do PPS
© Partido Popular Socialista - PPS (2008)